Saudações guerreiros escrevedores...

Existem batalhas e feridos de guerra de todos os tipos..
Mas de que tipo de guerra estamos falando?
Ai escrevedores, eu e Sandra fizemos nossas pesquisas e chegamos
a essa eterna conclusão: A guerra de corações
Bem ai em baixo nosso parecer
Boa leitura
 
 
"Duetos de Outono"
 
Sandra M. Julio
&
Marcos Milhazes***


 
 EMERGIR DE SONHOS
 
 Num emergir de sonhos vaga incerta minh'alma...
 Decifrando códigos do teu claustro silêncio.
 Vaga incerto meu olhar, entre dúvidas e desejos,
 Descubro-me a deambular pela tua ausência
 Numa insone madrugada...
 
 Em que a saudade reluz numa lua cheia..
 Meu corpo, pronuncia teu nome
 Despindo segredos que nunca imaginastes.
 
 Um suspiro confessa-me tua falta
 Sigo... só,
 Navegando pelo remanso dos sonhos.
 
 Nessa aparente calma encontro
 Afônicos versos, que analisam fatos
 Provenientes do teu inegável descaso...
 
 Tento inutilmente esconder esta verdade.
 Nem a voz dos meus poemas te desperta mais...
 Inútil esconder-me nesse mar de ilusão
 Alforrio segredos...
 
 Chega-me tua fragrância despertando verdade
 Abrigo-me na guarita do meu sorriso.
 Regresso a mim quando dispo-me de ti
 Respiro liberdade e permitindo Adeus.
 Esqueço minhas senhas no brigo da realidade.
 
 É quando acordo as estrelas que brilham em minh'alma
 É quando desperto o sol que ilumina em meu coração.
 É quando adormecem os sonhos que alimentam felicidade.
 
 Sandra M. Julio



LEGADO


Me envolvi
Na minha, sua própria vida
Atravessamos pedaços
Traços de dias bons
Voamos nas  iras de ventos fortes

Naus ofegantes em busca de águas calmas
Pássaros se esquivando
de tempestades
Ninhos a espera,
da cria de seus sentimentos pequeninos
Quimera, seu jeito de mulher

Gosto de te atiçar
Adoro suas alegorias de brigar
Venero teu jeito de me amar
Até na hora da raiva
Me acalmas
Me da mimo, me chama de menino

Pouco me importa
As nuanças dessa nossa vida
Minha querida,
Não brigues com as minhas andanças
Como cais solitário, a espera de meu barco a deriva
Como um frasco de muita ou pouca fragrância
Não têm importância

Sejas apenas a minha herança...

Marcos Milhazes***

Midi - Sonho de Amor
Franz Liszt
 
Voltar ao índice
 
 
Clique aqui
 
Livro de Visitas

Deixe aqui o seu chamego.

Marcos Milhazes agradece
 
 

Art-Formatação-Edna Liany 

Protegido pela Lei 9.610 de 19-02-98-art.184
do Código penal em prol dos Direitos Autorais